CultivARTE

Ana Margarida Pinho Correia de Oliveira

Orçamento: 13.000,00 €


Informação:

“CultivARTE” é uma proposta de oficinas/ações de capacitação dirigida a grupos, movimentos artísticos e outros elementos da cidade. Com duração de 9h cada, versará sobre os seguintes temas: corpo e movimento, voz, improvisação, escrita criativa, texto e interpretação, técnicas de palco, som e luz, e cenografia. A proposta pretende promover o desenvolvimento de competências fundamentais na construção de sensibilidades artísticas e técnicas dos fregueses, bem como das suas competências pessoais e sociais. O desafio passa ainda pela criação de um produto final.

Descrição:

O concelho de São João da Madeira conta já com diversos grupos e movimentos artísticos mobilizados por diferentes áreas, nomeadamente a educação, empresas e setor social. Conta, também, a cidade com vários espaços para realização e fruição da arte, como por exemplo, os Paços da Cultura e a Casa da Criatividade. Considera-se que os movimentos mais organizados e os fregueses que se queiram envolver nestas iniciativas podem beneficiar de capacitação na área artística. Acredita-se que esta ideia proporciona a aprendizagem aos diferentes envolvidos, de modo a constituírem-se como produtores e espetadores, promovendo o desenvolvimento de futuras atividades artísticas e culturais para a cidade.

 Pretende-se que esta capacitação promova o desenvolvimento de competências fundamentais na construção de sensibilidades artísticas e técnicas dos cidadãos e cidadãs da freguesia, bem como das suas competências pessoais e sociais. É objetivo desta proposta que os agentes de práticas artísticas desenvolvam a sua capacidade para dinamizar a cultura na cidade, podendo intervir em diferentes locais e contextos.

 Para dar resposta a estes objetivos propõe-se um conjunto de oficinas/ações de capacitação, com duração de nove horas cada, com os seguintes temas: corpo e movimento, voz, improvisação, escrita criativa, texto e interpretação, técnicas de palco, som e luz, e cenografia.

 Para além dos inputs que se esperam nos diferentes intervenientes, lança-se o desafio da criação de um produto final, de acordo com o interesses e competências dos participantes. Este produto poderá ser o  resultado de uma residência artística com uma curadoria/diretoria profissional, e ser apresentado e divulgado à comunidade. A curadoria/diretoria profissional apresenta-se como mais um momento de capacitação para o grupo de participantes.

 Orçamento:

 Formadores - 4000€

 Material - 3000€

 Produto Final - 6000€

Galeria:

Mapa: