CMI (AESL) – um novo capítulo na cultura de SJM

Maria João Resende Neves dos Santos

Orçamento: 8.449,12 €


Informação:

“CMI (AESL) – um novo capítulo na cultura de SJM” é uma proposta de aquisição de equipamentos e material para equipar um espaço do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite. O objetivo é apetrechar o Centro Multidisciplinar Interativo (CIM), reforçando a sua vertente cultural. O investimento consiste na aquisição de uma tela, um projetor laser com tecnologia 3LCD e uma stage box. Este espaço, com 102 lugares, que pretende ser mais um ponto de referência cultural para a comunidade educativa, terá de ficar, posteriormente, disponível também para a comunidade local, em condições a definir. 

Descrição:

A medida almejada pela Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas Dr. Serafim, na pessoa da sua atual Presidente, passa, sobretudo, pela oferta de mais um espaço para a realização de eventos culturais, na cidade de S. João da Madeira, ao serviço da sua população, na senda de uma participação e de uma formação mais ativas.

Assim, o AESL porá à disposição de todos os sanjoanenses, desde crianças a idosos, abarcando todas as franjas sociais e idades, o auditório do respetivo estabelecimento de ensino, designado por Centro Multidisciplinar Interativo, em parceria com a Junta de Freguesia, incubando eventos cinematográficos ou outras atividades (música, poesia, dança, teatro, debates, conferências, apresentações, aulas abertas, formações), sempre numa linha de contacto com a cultura. Esta é, sem dúvida, uma forma de se colmatarem as eventuais necessidades sentidas na cidade do Labor, pondo à disposição de lares, creches, escolas, centros de emprego, universidade sénior, igrejas e afins um espaço que passará a ser de todos, sendo esta uma forma de se alcançar um dos magnos objetivos do OPSJM: uma melhor qualidade de vida, cultural e social, no concelho e na freguesia, reinventando a sua oferta cultural.

Posto isto, a Associação de Estudantes do AESL solicita, para a requalificação do seu espaço, com 102 lugares, o apoio financeiro, por parte da Junta de Freguesia, para a aquisição de uma tela mate, um projetor laser 3LCD e uma stage box capazes de oferecer melhores condições para a visualização das mais diversas circunstâncias. Acresce ainda o serviço de retirada da tela danificada e a instalação e eletrificação de equipamento.

Face ao exposto, as atividades desenvolvidas no referido espaço contarão com a estreita relação colaborativa entre a Junta de Freguesia e a mentora do projeto, a AE do AESL, num percurso que consolidará, com certeza, a singularidade do concelho através da constituição de mais um ponto de referência cultural para a comunidade educativa e local, pelo grande recurso que disponibiliza que passará a estar ao acesso de todos que assim entenderem.  

Galeria:

Mapa: